Sindicato verifica descaso da prefeitura com Unidade de Saúde Central

0
246

A Diretoria Atuante visitou na quarta-feira (26/01) a Unidade de Saúde Central, para verificar as atuais condições de trabalho em que se encontram os servidores que atuam no local.
O descaso da administração municipal com o servidor e com o atendimento à população é evidente, o que vem provocando descontentamento para o trabalhador e prejuízo no atendimento à população.
Um dos exemplos é a reforma que está sendo feita na Unidade de Saúde Central. Pacientes e medicamentos estão expostos a todo tipo de entulho, poeira e maquinário sem maiores preocupações com eventuais contaminações que possam vir a atingir a população.
Outro problema verificado pela diretoria foi a improvisação de uma sala de atendimento médico junto ao local onde funciona o arquivo da unidade.
Com apenas algumas prateleiras dividindo a área, os pacientes, médicos e demais servidores não tem nenhuma privacidade.
“O que se verifica nessa unidade de saúde é um caso claro de interdição. Nós estamos vivendo um momento de “apagão” de idéias, propostas e de planejamento político por parte do governo. A saúde está um caos e só quem usa sabe do que estamos falando”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Wagner Rodrigues.
Nos próximos dias o Sindicato vai conversar com entidades que tratam da saúde, além do Ministério Público e Ministério do Trabalho para, em conjunto, tentar construir um planejamento adequado para a saúde em Ribeirão Preto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui