Salário: Ação pedindo bloqueio de bens da prefeitura é protocolada pelo Sindicato

0
134

O Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto protocolou no início da tarde desta quinta-feira, 29, uma ação chamada pelo departamento jurídico da entidade de “ação coletiva de obrigação de fazer com tutela antecipada”. Na prática, isso significa que a ação consiste  em dar prioridade absoluta aos vencimentos dos servidores, respeitando a data do dia 30, mesmo que para isso, seja preciso fazer um bloqueio das verbas do governo. O documento ainda será apreciado pelo Juiz.

Para o presidente da entidade, Laerte Carlos Augusto, a conta é simples: “o governo deve primeiro pagar o dinheiro dos servidores e, só depois, cumprir com as demais responsabilidades, como o pagamento dos fornecedores, por exemplo”.

A Diretoria Atuante acompanhou de perto a entrega do documento e ainda lembrou sobre as demais movimentações do sindicato desde que o anúncio da tentativa de “calote” foi feito pelo governo. “Uma assembleia geral também está marcada para segunda-feira, 02, na sede do sindicato. Esse momento será decisivo para que os trabalhadores deliberem a respeito desse absurdo que está acontecendo. É bem provável que o novo prefeito inicie sua gestão com uma greve da categoria em andamento”, concluiu Laerte.

O governo alegou falta de dinheiro como principal motivo para deixar de pagar os trabalhadores nesse dia 30 de dezembro. Esse comunicado aconteceu em uma reunião na tarde de ontem, 28, na Secretaria da Fazenda com os secretários da pasta e de governo.

Assista a reportagem:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui