Prêmio de conservação: Sindicato se reúne com governo e solução para motorista está próxima

0
156

O Sindicato dos Servidores Municipais e os motoristas da prefeitura se reuniram na tarde desta quinta-feira, dia 25, com os secretários da Casa Civil, Layr Luchesi Junior, e de Governo, Jamil Albuquerque, para discutir a incorporação do prêmio de conservação e o pagamento de gratificação, no percentual de 20%, assim como é feito para os motoristas que trabalham no Daerp, Infraestrutura e Controle de Vetores.

O Sindicato iniciou a reunião cobrando da administração a incorporação do prêmio de conservação. “O IPM parou de descontar os tributos em cima do prêmio e isso vai representar um prejuízo sem precedentes para a categoria, pois os trabalhadores não vão levar o prêmio para a aposentadoria. Queremos que o governo incorpore o prêmio ao salário dos servidores para que a categoria não sofra no momento da aposentadoria”, diz o presidente do Sindicato, Wagner Rodrigues.
O secretário da Casa Civil disse que “tecnicamente pode haver um caminho que vislumbre a manutenção desse prêmio, mas, ainda precisam ter mais estudos técnicos de cálculos para se chegar às soluções viáveis”.

Uma nova reunião vai acontecer no dia 6 de agosto para que o governo dê uma resposta para os trabalhadores. “Esperamos que no dia 6 o governo apresente uma resposta positiva para a categoria”, ressalta o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

Gratificação

O segundo tema debatido com os representantes do governo foi o pagamento de gratificação, no percentual de 20%, para todos os motoristas da prefeitura. Hoje o benefício é pago para os motoristas do Daerp, Controle de Vetores e Infraestrutura.

“É uma questão de isonomia. Todos foram contratados pela mesma função e realizam trabalhos externos, que é o que diz a Lei que garante a gratificação”, diz o diretor do Sindicato, Valdir Avelino.
Com relação ao pagamento da gratificação, o secretário da Casa Civil propôs que o assunto volte a ser debatido na data base de 2014.

Depois de conversar com os servidores e tirar uma proposta junto à categoria, o Sindicato sugeriu que a gratificação seja paga aos trabalhadores a partir de março do próximo ano, sem que haja a necessidade de voltar a discutir o assunto. Ainda foi proposto pelo Sindicato e pelos trabalhadores a criação de um cronograma para o pagamento dos atrasados da gratificação.

Ficou acordado que o tema voltará à pauta de discussões também na reunião do dia 6 de agosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui