Grupo de trabalho será formado para tentar resolver problemas de Segurança e Medicina do Trabalho

0
127

Um grupo de trabalho formado por membros da divisão de Medicina e Segurança do Trabalho e membros do Sindicato dos Servidores será criado para resolver os problemas inerentes à divisão.

A ideia surgiu da necessidade de dinamizar os trabalhos da divisão e da importância de cuidar melhor da saúde do servidor.

“O Sindicato está há anos cobrando agilidade nos processos da Medicina e Segurança do Trabalho. Existem problemas pontuais. É preciso melhorar a orientação dada aos trabalhadores a fim de evitar acidentes de trabalho e aposentadorias indesejáveis por conta deles. Também há a necessidade de criar campanhas de conscientização junto aos servidores sobre a importância da utilização dos equipamentos de proteção individual (EPIs). Esse grupo terá a missão implementar políticas de segurança e medicina do trabalho em todas as repartições da prefeitura”, ressalta o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

Eleições de CIPAS

Outro problema, grave, diagnosticado na reunião foi a falta de Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPAs) em alguns locais de trabalho. O Sindicato também cobrou da divisão de Medicina e Segurança de Trabalho a formação de CIPAs nos locais onde as comissões não existem.

 “É um absurdo ainda existirem Secretarias ou autarquias sem a presença das CIPAs constituídas. Queremos que a divisão faça as eleições e constitua as CIPAs nestes locais. Uma CIPA organizada e bem orientada vai refletir diretamente na saúde dos trabalhadores. Vamos acompanhar de perto esses trabalhos e, se necessário for, vamos cobrar providencias imediatas. Estamos preocupados com a saúde dos servidores e por isso precisamos cuidar melhor dos trabalhadores”, fala o coordenador de departamento de segurança e medicina do trabalho do Sindicato, Gaspar Marcelino Lemos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui