Sindicato se reúne com fiscais para discutir falta de condições de trabalho

0
131

O Sindicato dos Servidores se reuniu na tarde de quinta-feira, dia 20 de fevereiro, com os fiscais do da coordenadoria de limpeza urbana para discutir a falta de condições de trabalho dos servidores.

O principal problema enfrentado pela categoria é a falta de veículos oficiais para a execução dos serviços diários. De acordo com o que foi apurado pela Diretoria Atuante, os servidores utilizam os carros particulares nas tarefas profissionais do dia a dia.

“Os trabalhadores estão sendo obrigados a utilizar os veículos particulares ou então os serviços não são realizados. Para piorar, o combustível está sendo custeado pelos trabalhadores e a manutenção do veículo, em caso de quebra, está sendo feita do próprio bolso do profissional, o que é um absurdo!”, revela o coordenador da FAP, Wellington Bellinazzi.

“A obrigação de executar os serviços é do servidor. A obrigação de dar condições de trabalho é da prefeitura. Não vamos aceitar que esta situação perdure, pois os servidores são prejudicados. Teve o absurdo de um fiscal estar fazendo o serviço com carro particular e um marronzinho multá-lo. Além de usar o carro particular, custear o combustível e a depreciação que o veículo sofre, os servidores vão ter de pagar multas? Isso a diretoria do Sindicato não vai aceitar jamais. Vamos buscar a solução para o problema o mais rápido possível”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

Outros problemas que foram levantados pelos fiscais também serão discutidos.

 

teste

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui