Sindicato se reuniu com secretário da SEMAS para cobrar melhorias para a pasta

0
87

Encontro tratou assuntos importantes para os servidores da Assistência Social como a falta de segurança e estrutura para a realização do trabalho e também a jornada 12×36

 

A diretoria do Sindicato se reuniu na tarde da última terça-feira (26) com o vice-prefeito e secretário de Assistência Social, Carlos Cezar Barbosa, para cobrar melhorias em diversos setores da pasta. O encontro aconteceu na sede da Secretaria.

A reunião teve início com os diretores da entidade que representa os trabalhadores solicitando a contratação de novos educadores sociais. “Explicamos para o secretário que algumas pessoas que passaram no concurso de educador social deixaram o cargo, pois passaram em outros concursos, e que há a necessidade de reposição dessas pessoas”, comentou o coordenador da Seccional da Assistência Social do Sindicato, Israel Marchiori Junior. “O secretário disse que vai repor o quadro, o que vai ajudar bastante”.

A diferença salarial de nove servidores da pasta que exercem a mesma função dos demais também foi debatida. “Esse é um assunto que estava parado desde o ano passado, porém, esse ano ele voltou à tona. Veio da Secretaria de Governo e nós já passamos as informações necessárias para a Secretaria de Administração. Eu acredito que o desfecho para esse problema esteja muito próximo”, afirmou Carlos Cezar Barbosa.

020_2

 CETREM

Os problemas estruturais e a falta de segurança na Central de Triagem e Encaminhamento ao Migrante/Itinerante e Morador de Rua (CETREM) também foram pauta na reunião entre Sindicato e secretário. Depois de ouvir dos diretores da entidade os problemas existentes no local, Carlos Cezar disse concordar com as colocações feitas.

Afirmou ainda que o prédio é uma herança do governo passado e que a intenção da atual administração é retirar o serviço daquele local até o final do mandato, por julgar o espaço impróprio para a atividade ali exercida. O vice-prefeito também salientou “que os reparos estão sendo feito na medida do possível para amenizar os problemas”.

 Frota sucateada

veículo semas

A frota de veículos sucateada da Secretaria de Assistência Social também foi debatida. O diretor do Sindicato e motorista da pasta, João Pedro Moreira, disse que a situação dos veículos “é muito ruim e que coloca em xeque o trabalho dos profissionais”.

“São veículos antigos e que praticamente não recebem manutenção. Sem contar que o maior problema são os pneus em péssimo estado, o que coloca em risco a vida de pessoas”, explicou o servidor. Ciente da situação, o secretário confirmou que o principal problema é a falta de pneus. Ele também afirmou que “já está trabalhando na aquisição de novos veículos e no reparo da frota, e que devido à dotação orçamentária que a Secretaria tem, ela está fazendo o possível para que aos poucos coloque os veículos em movimento”.

 Situação dos Núcleos

002_1

A situação precária de alguns Núcleos de atendimento da Secretaria de Assistência Social também foi assunto da reunião. A diretoria do Sindicato expôs problemas estruturais em diversos prédios e a falta de funcionários nos locais.

Em visitas realizadas recentemente em alguns espaços, o Sindicato tem encontrado uma situação complicada. “Existem Núcleos em bom estado, com condições de fazer os atendimentos, mas existem equipamentos em situação muito grave. É preciso fazer algo rapidamente para dar condição de trabalho para os profissionais e de atendimento aos usuários”, destacou Israel.

“No caso dos Núcleos nós pretendemos otimizar os atendimentos. Vamos levar as crianças para serem atendidas nos locais com boa condição até que as reformas necessárias sejam feitas onde precisa”, frisou Carlos Cezar Barbosa.

 Jornada 12×36

O horário de trabalho de alguns profissionais da pasta também foi discutido. “A jornada de trabalho 12×36 tem que ser igual em todas as Secretarias. Não pode haver divergência. Por isso acreditamos que essa jornada tem que atender aos funcionários da SEMAS de acordo com o que é feito na Saúde”, comentou o vice-presidente do Sindicato, Donizeti Aparecido Barbosa.

Sobre a situação o secretario informou que a jornada 12×36 não é algo específico da SEMAS, mas que acredita que a Secretaria de Administração irá regulamentar a jornada para toda a municipalidade. Assista a reportagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui