Sindicato mais uma vez faz história com entrega da 1ª fase do “Palácio do Trabalhador”

0
217

O pensamento compartilhado entre a maioria dos presentes na cerimônia de inauguração da 1ª fase da ampliação e modernização do “Palácio dos Trabalhadores” no bairro Campos Elíseos era, basicamente, de que a noite do dia 1º de junho de 2016 entraria para história do serviço público de Ribeirão Preto.

Aproximadamente 150 pessoas entre Diretoria Executiva e Plena, autoridades, servidores e sociedade em geral, participaram do importante evento que apresentou as novas instalações do endereço mais conhecido entre os servidores: a sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ribeirão Preto.

Fez parte da solenidade uma exposição com fotos que narraram a trajetória histórica da entidade, além da apresentação do Coral Aquarela.

 Durante o discurso de descerramento da placa, o Presidente Wagner Rodrigues, fez questão de ressaltar o início de todo esse sonho que começou em 1988 nas mãos do então presidente Walter Ribeiro e, posteriormente, com seu sucessor e atual presidente da FTM, Nelson Barbosa. “Esta é uma noite histórica que teve início há 27 anos, quando pessoas de coragem tiveram a iniciativa de começarem esta luta permanente de defender os direitos dos nossos servidores por meio desta entidade que hoje se transformou em um dos maiores sindicatos do estado de São Paulo”, discursou Rodrigues.

A partir de agora, o trabalhador que vier a entidade vai encontrar ainda mais conforto e facilidade durante o atendimento. O projeto de reestruturação conta com uma ampla sala de espera, com recepção, banheiros adaptados e ambiente climatizado. A fachada também foi totalmente remodelada ficando moderna e imponente para transmitir a intenção dos arquitetos de transformar a sede do Sindicato em um verdadeiro Palácio do Trabalhador.

Os novos espaços também são acessíveis. Tudo pensado para facilitar o acesso principalmente dos servidores aposentados e pensionistas. No primeiro piso, foram construídas 12 salas para os atendimentos do jurídico e das seccionais que proporcionam ao servidor individualidade e discrição. Na parte externa, um espaço de 400m² reservado para as assembleias com capacidade de abrigar, pelo menos, mil pessoas.

O Diretor de Patrimônio Wellington Bellinazzi que acompanha de perto as reformas ressaltou que as principais mudanças foram no térreo, mas que o primeiro andar da nova sede também foi totalmente revitalizado “Estamos com uma moderna sala de reuniões com capacidade para cinquenta pessoas, e outras salas totalmente renovadas”, completou.

Tantas mudanças deixaram muitos servidores emocionados, como o caso da Diretora do Sindicato Elizete Flosino. “Tudo isso é motivo de muito orgulho pra todos nós. O servidor merece cada pedacinho desta construção”, disse Flosino.

Ao longo desses quase 30 anos de Sindicato, várias reformas já foram realizadas em diferentes administrações. Muitos convidados relembraram desses momentos e já consideram esta recente reforma iniciada em 2013, como um dos maiores projetos de arquitetura do Sindicato dos Servidores e, segundo o vice-presidente Laerte Carlos Augusto, ainda terão outras fases importantes a serem inauguradas nesse processo de ampliação e modernização.

“Não há dúvidas da importância deste dia para os trabalhadores e pra toda diretoria desta entidade, mas ainda há muito trabalho pela frente. As construções continuam e, em breve, vamos entregar as próximas etapas desse projeto. No segundo andar da sede estamos construindo um teatro com capacidade para 300 pessoas e, em outro ponto estamos fazendo um salão de beleza voltado para as nossas servidoras”, comentou o vice-presidente se referindo às próximas fases das obras.

Nova Central Sindical dos Trabalhadores participa da cerimônia

Líderes da Nova Central dos Trabalhadores (NSCT) vieram para a cerimônia de entrega da primeira fase da ampliação e modernização do Palácio dos Trabalhadores – Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão nesta quarta-feira 1º de junho.

O Presidente da NCST do Estado de São Paulo, Luiz Gonçalves, e o Presidente do Sindicato dos Extrativistas, Jarbas Cafolla, estiveram entre os convidados para o cerramento da placa que marcou oficialmente está primeira etapa e na oportunidade discursaram para os demais convidados.

Segundo Gonçalves, o sindicato dos servidores de Ribeirão Preto é uma entidade com grande representatividade e de muita importância na defesa dos interesses da categoria e, tamanha relevância, condiz com sua nova estrutura. “Nós da Nova Central nos sentimos honrados em participar desse momento histórico em Ribeirão Preto”, disse Gonçalves.

Cafolla destacou a liderança de Wagner Rodrigues a frente do Sindicato “Não é fácil você se disponibilizar desta maneira para defender idéias, projetos públicos de relevância que somam para qualidade do serviço público. O representante do trabalhador público de vocês está de parabéns”, discursou Cafolla se referindo a Wagner Rodrigues.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui