Sindicato e servidores reagem e decreto do governo é derrubado na Câmara

0
104

O novo governo de Ribeirão amargou mais uma derrota na sessão da Câmara Municipal, desta quinta-feira, 09, quando centenas de servidores e membros do Sindicato lotaram o plenário para acompanhar a votação do projeto de decreto legislativo que impediu o corte do reajuste de mais de 200 agentes técnicos de fiscalização, entre ativos e inativos. O reajuste havia sido retirado pela administração em 18 janeiro quando os trabalhadores já recebiam o benefício pela lei complementar 2.765/16.

A votação favorável aos trabalhadores foi unânime entre os vereadores presentes na sessão e, segundo o vice-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Nélson Barbosa, a pressão dos servidores do Daerp – Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto – e dos próprios Agentes Técnicos de Fiscalização foi fundamental para o resultado.

“Os servidores já sabem que com esse governo será necessário a demonstração de muita união entre as categorias para impedir que o pacote de medidas do governo retire direitos já conquistados. Estão de parabéns pela força que cada um demonstrou na câmara. Foi uma vitória e conseguirmos derrubar o decreto 37 que atingia os fiscais. A luta continua, por que hoje foi uma determinada categoria, mas amanhã, eles podem querer mexer com outra e estaremos atentos” afirmou o vice-presidente da entidade.

“A união dos agentes e o trabalho em conjunto com o Sindicato foram fundamentais para essa vitória. Fizemos paralisações, manifestações na porta da prefeitura e agimos com muita determinação e coerência. Parabéns a todos os que lutaram por seus direitos. Estamos atentos e vamos continuar a luta em prol do trabalhadores”, finaliza o presidente do Sindicato dos Servidores, Laerte Carlos Augusto.

 Veja o momento da votação:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui