Sindicato dos Servidores pede a decretação de ponto facultativo em razão do desabastecimento de combustível em Ribeirão Preto

0
120

A continuidade da paralisação dos caminhoneiros pode suspender as atividades dos 10 mil servidores municipais de Ribeirão Preto. O Sindicato dos Servidores pediu, em caráter urgente, que o Prefeito Municipal decrete ponto facultativo nesta sexta-feira, dia 25, suspendendo o expediente das repartições públicas municipais. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Laerte Carlos Augusto “já está passando da hora de o governo municipal avaliar os impactos causados pela paralisação dos caminhoneiros nos serviços ofertados pelo município, discutir e implementar possíveis medidas para minimizar os reflexos e garantir o atendimento dos setores essenciais para a comunidade, sem penalizar o servidor“. Para o Sindicato, o primeiro passo efetivo e preventivo é a decretação imediata de ponto facultativo já nesta sexta-feira.

O presidente do Sindicato lamenta que “as transferências imotivadas determinadas pelo Governo hoje impeça que estes servidores em fase de readaptação de local realizem a carona solidária aos postos de trabalho“. O dirigente sindical questiona ainda a falta de determinação que apenas veículos de serviços essenciais à comunidade possam circular para atender exclusivamente situações de emergência, sobretudo na área da saúde e da assistência social.

DSC_5584

Caso a paralisação dos caminhoneiros continue, algumas secretarias municipais deverão obrigatoriamente informar o cancelamento das suas atividades“, garante o presidente da entidade. Laerte disse ainda que “muitos servidores já começaram esta quinta-feira lutando para chegar no local de trabalho, já que a paralisação dos caminhoneiros afetou vários setores, principalmente nas áreas dos transportes públicos e aqueles que dependem do carro para trabalhar. Amanhã não há garantia alguma que os servidores das mais variadas secretarias municipais consigam chegar ao trabalho. Há uma crise profunda de abastecimento na cidade“.

Resposta ao ofício

O ofício do Sindicato dos Servidores requerendo a decretação de ponto facultativo nesta sexta-feira(25) foi protocolado na tarde de hoje e a entidade aguarda um posicionamento oficial do Governo.

Sindicato considera que a Greve é justa e cobra responsabilidade do Governo

O presidente do Sindicato dos Servidores considera justa a greve dos caminhoneiros por um combustível mais barato. “Combustível mais barato e menos pedágios corresponde aos interesses majoritários da sociedade. Sentimos os efeitos da greve, mas entendemos que o governo federal deve atender imediatamente às reivindicações da categoria para colocar um fim ao impasse“. Segundo o presidente do Sindicato, a atual política de preços da Petrobras só favorece a setores do mercado e prejudica a maioria da população. “Não é só o diesel, a gasolina e o etanol que estão caros. O preço do gás de cozinha também é reflexo direto da atual política da Petrobras  e milhões de brasileiros são novamente forçados a usar o fogão a lenha, com notórios prejuízos para a saúde e o meio ambiente“, afirmou Laerte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui