Sindicato discute com governo pauta de reivindicações na área da Saúde

0
118

A Diretoria Atuante, Sindicato dos Servidores Municipais, se reuniu durante a tarde desta segunda-feira (10 de março) com o Secretário da Saúde de Ribeirão e outros membros do governo municipal  para debater os itens específicos de trabalho. A reunião durou aproximadamente duas horas e aconteceu no Palácio do Rio Branco.

“A reunião correu tudo bem, porém, nós precisamos da resposta de tudo que foi encaminhado. Nós estamos apresentando as reivindicações e explicando para o Secretário os motivos dessas reivindicações para que ele entenda os objetivos dos trabalhadores” disse o Vice-Presidente Laerte Carlos Augusto, logo após a reunião.

Seccional da Saúde

1 – Criação da legislação que altera a nomenclatura do cargo de Agente Administrativo para Agente SUS, com a respectiva redução da jornada de trabalho de 40 para 30 horas semanais, sem redução de vencimentos;

2 – Que todas as unidades de saúde disponham de salas específicas e adequadas para o atendimento dos serviços de estratégia de saúde da família;

3 – Pagamento do Adicional de Periculosidade para os dentistas e auxiliares, na forma da Lei;

4 – Instituição do programa de educação permanente (PEP);

5 – Aquisição de mobiliários e computadores para o atendimento dos serviços de estratégia de saúde da família;

6 – Criação do CPD – Centro de Processamento de Dados em todas as Unidades de Saúde;

7 – Pagamento de Adicional de Insalubridade para Agentes de Ação Comunitários de Saúde e Agentes Administrativos;

8 – Que os trabalhadores que manuseiam materiais biológicos e os profissionais que atuam no pronto atendimento recebam insalubridade em seu grau máximo;

9 – Melhorar a segurança e controle do fluxo de atendimento nas unidades de serviço de saúde;

10- Construir as unidades de saúde do Avelino Palma, Estação do Alto e Maria da Graça;

11- Fornecer transporte para os agentes comunitários de saúde, a fim de registrarem o ponto no horário de almoço;

12- Cumprimento de exames periódicos dos profissionais do controle de endemias;

13- Pagamento de gratificação específica para os supervisores que realizam plantão aos sábados e domingos;

14 – Criação de auxílio deslocamento para os auxiliares de farmácias, que se deslocam de seu local de lotação para outros locais;

15- Mudança de nomenclatura de Atendente de Consultório Dentário para Auxiliar de Saúde Bucal e mudança de nível de 110 para 12.1.01 inicial;

16- Regulamentação da jornada de 36 horas semanais para motoristas do SAMU;

17 – Pagamento de insalubridade no seu grau máximo para todos os motoristas que trabalham com o transporte de material biológico;

18 – Criação de uma sala de espera especifica para os motoristas na sede da secretaria;

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui