Saúde em Risco: Mais uma UBS é furtada e trabalhadores estão com medo

0
257

A Unidade Básica de Saúde Álvaro Panazzolo, no bairro Vila Albertina, foi furtada durante o final de semana e, por conta dos furtos recorrentes, os servidores municipais, com o apoio do Sindicato, decidiram suspender as atividades por dois dias na UBS. No furto deste final de semana, pelo menos três aparelhos de ar-condicionado foram destruídos e os fios e peças de cobre existentes foram arrancados. A cerca de concertina que protege a Unidade foi danificada e um buraco no muro também foi feito. De acordo com os servidores da UBS, os furtos são recorrentes e acontecem no período da noite e nos finais de semana. A unidade não possui um agente de segurança e os GCMs fazem a segurança do local quando são chamados.

Aparelho de ar-condicionado foi destruído

A serra utilizada para cortar os fios foi deixada para trás

Uma servidora que pediu para não ser identificada contou que em uma ocasião três adolescentes entraram na unidade e chegaram a ameaçar os trabalhadores de morte caso alguém chamasse a polícia.

Os servidores orientaram os pacientes que procuraram a UBS do bairro Vila Albertina 

“Em praticamente todos os finais de semana a unidade é furtada. A sala de vacinação teve o ar-condicionado quebrado e é um local que não pode ter a temperatura alterada. Existe uma câmera na unidade, mas pelo que pudemos apurar ela não está funcionando. Desta vez os bandidos entraram apenas na parte externa do prédio, mas em breve vão começar a invadir internamente a UBS e a situação vai piorar”, diz a coordenadora da Seccional da Saúde, Débora Alessandra.

Reunião

Uma reunião foi realizada com representantes do governo na manhã desta segunda-feira (5). No encontro, o Sindicato dos Servidores e os trabalhadores expuseram a falta de segurança da UBS e cobraram providência.

Foi aberto um buraco no muro da unidade durante a ação criminosa deste final de semana

“Queremos que um profissional da área da segurança seja providenciado ainda esta semana, para que os servidores da unidade tenham tranquilidade para exercerem suas funções. O descaso com a segurança acontece em praticamente todas as unidades de saúde. Está na hora do secretário resolver este problema”, diz Débora.

Levantamento do Sindicato foi  ignorado pelo governo

Em um levantamento feito pelo Sindicato dos Servidores no mês de setembro, foi constatado que em praticamente todas as Unidades Básicas Distritais de Saúde (UBDS), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF), faltam profissionais para garantirem a segurança dos prédios públicos, dos servidores e da população. Ao todo são 52 unidades (entre UBDS, UPA, UBS, USF e Unidades de Saúde Mental) que em algum momento do dia ficam sem a presença de um profissional de segurança, seja guarda municipal ou agente de segurança. Em casos ainda mais alarmantes, 18 unidades de saúde ficam as 24 horas do dia sem a presença de um profissional da área da segurança.

“O que está acontecendo em Ribeirão é algo muito grave. O patrimônio público e os servidores estão expostos a violência, como a médica que foi feita refém pelo bandido no mês de agosto. Será que o governo está esperando que algo ainda mais grave aconteça para tomar as providências. Segurança é um assunto muito sério e tem de ser tratada com tal seriedade. Há muito tempo cobramos a contratação de guardas municipais e de agentes de segurança e queremos que o governo faça o seu papel”, afirma o presidente do Sindicato, Wagner Rodrigues.

Confira os números levantados pelo Sindicato em UBS, USF e Unidades de Saúde Mental.

Unidades com a presença de um profissional de segurança no período noturno

20 Unidades

Unidades com a presença de um profissional de segurança no período diurno

4 unidades

Unidades sem a presença de um profissional de segurança em todos os períodos

20 unidades

Unidades com a presença de um profissional de segurança durante 24 horas

5 unidades

Unidades com a presença de um porteiro no período diurno

3 unidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui