Reunião entre Sindicato, cozinheiros e Secretaria da Educação define pontos importantes para a categoria

0
122

Em reunião realizada no dia 28 de abril, na sede da Secretaria Municipal da Educação, entre Sindicato dos Servidores, uma comissão formada por cozinheiras e cozinheiros e membros da pasta, definiu alguns pontos importantes para os profissionais da área. Na pauta, assuntos como  a contratação de novos profissionais para suprir a demanda da rede, a criação de um calendário para a retirada de férias e licença-prêmio, a volta da emissão de certificados de cursos e treinamentos realizados, além de outros assuntos, foram debatidos no encontro.

Na reunião, os membros do governo informaram que existem 26 cozinheiras volantes na rede, número insuficiente para atender a demanda. Também foi informado que cerca de 50 novos  profissionais deverão ser contratados assim que o concurso realizado recentemente for homologado.

“Queremos que o concurso seja homologado o mais rápido possível, pois os trabalhadores existentes não estão suportando mais a demanda. Para se ter uma ideia, de acordo com o que estabelece a lei, um único cozinheiro seria responsável por até 60 refeições (almoços) nos CEIs., sendo que hoje existem centros de educação infantil que servem 300 refeições, com apenas três profissionais. Nas EMEIs. e EMEFs., cada cozinheiro (a) é responsável por até 100 refeições. A demanda é muito grande e a contratação de 50 novos profissionais irá amenizar, mas não resolverá o problema em definitivo. Vamos cobrar a contratação de mais profissionais”, diz a coordenadora da Seccional da Educação do Sindicato, Cristiane Gonçalves Francisco.

“Além disso, há um considerável contingente de servidores aguardando a aplicação do PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários), o que tem impedido a evolução funcional dos servidores, dentre eles, uma gama considerável de cozinheiros e cozinheiras que já atuam na rede municipal e que se encontram desmotivados em razão dos baixos salários e da elevada carga de trabalho. Por isso, o Governo precisa colocar o PCCS em movimento” conclui o Prof. Donizeti Barbosa, Vice-Presidente do SSM.

Veja abaixo os outros itens discutidos e as respostas do Governo.

Elaboração de calendário para a retirada de férias e Licença-Prêmio pela direção da unidade escolar?

Resposta: Será elaborado o calendário de acordo com uma análise feita junto ao Departamento de Alimentação Escolar (DAE) e conforme a disponibilidade de profissionais em cada unidade escolar.

Assunto – Implantação de programa ou avaliações ergométricas voltadas para a prevenção de doenças adquiridas no exercício da função.

Resposta: A Secretaria fará um levantamento junto ao Departamento de Medicina e Segurança do Trabalho da prefeitura.

Assunto – Dispensa do período oposto ao curso do DAE

Resposta: Será analisado pela Secretaria

Assunto – Prêmio recebido no concurso de Alimentação Modelo

Resposta: A Secretaria informou que a premiação recebida do MEC foi em forma de Certificado de Referência em Alimentação Modelo e não em pecúnia. Apenas um profissional da Secretaria esteve em Brasília para representar a pasta no evento.

Assunto – Volta da emissão de certificados de participação dos cursos e treinamentos.

Resposta: Serão fornecidos aos profissionais que fizerem os cursos e treinamentos os respectivos certificados, a partir do próximo curso.

Assunto – Aquisição de computadores para o estoque, para facilitar a execução do mapa.

Resposta: Será feita uma licitação para a compra dos computadores.

Assunto – Uniformes diferenciados para homens e mulheres.

Resposta: Será feita uma licitação para a compra dos uniformes diferenciados para os (as)profissionais cozinheiros (as).

Manutenção nas caixas d’água e gordura, filtros, pias e torneiras quebradas com a verba de subvenção.

Resposta: Será solicitado aos diretores e diretoras das unidades escolares para qe seja feita a manutenção.

Assunto – Local adequado para o horário de descanso da hora do almoço dos funcionários.

Resposta: Os diretores e  diretoras das unidades escolares terão de viabilizar o espaço dentro das respectivas unidades. 

Nova reunião entre o Sindicato e os servidores cozinheiros e cozinheiras, que atuam na rede municipal de educação, ocorrerá nesta quarta-feira, 6 de maio, às 18 horas, na sede da entidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui