Manoel Dias é o novo Ministro do Trabalho

0
110

Nesta sexta-feira (15), a presidenta Dilma Rousseff fez sua primeira substituição na Esplanada dos Ministérios, trocando o pedetista Brizola Neto pelo secretário-geral do partido, Manoel Dias (SC), no comando do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A posse do novo ministro está programada para sábado, no Palácio do Planalto.

A Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), vem à público reconhecer a boa relação estabelecida com Brizola Neto durante o seu comando na pasta, principalmente, após a abertura de diálogo que culminou na suspensão da instrução normativa (IN) Nº 01, de 2013, que revogava a IN 01 de 2008 do MTE, que disciplina a forma de recolhimento da contribuição sindical dos servidores públicos.

Diante do novo cenário, a CSPB saúda o novo ministro, Manoel Dias, e se coloca à disposição do novo comandante da pasta para qualquer assunto relacionado ao servidor público brasileiro. “Recebemos com grande expectativa a investidura do ministro Manoel Dias porque ele é um braço histórico no movimento sindical do PDT e ao fato de ser ideólogo do partido hoje. Nós acreditamos que ele retomará a tradição do PDT de ser um partido essencialmente trabalhista das defesas históricas do movimento sindical brasileiro”, disse João Domingos, que vai representar a CSPB na posse do novo ministro.

Perfil do novo Ministro

Secretário-geral do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Manoel Dias, é um pedetista histórico e ajudou a fundar o partido em 1980 ao lado de Leonel Brizola e da atual presidenta Dilma Rousseff. Dias já havia sido cotado para comandar o Ministério do Trabalho na ocasião da saída do ex-ministro Carlos Lupi.

À frente da fundação de estudos políticos Leonel Brizola/Alberto Pasqualini, do PDT, Manoel Dias é o responsável pela criação da Universidade aberta Leonel Brizola, ferramenta partidária de preparação de quadros através de modernos instrumentos de comunicação como a web, o rádio e a televisão – interligando a militância pedetista de todo Brasil.

Em janeiro último, Manoel Dias assinou convênio de cooperação entre o PDT e a escola de formação de quadros do Partido Comunista Chinês (PCC), estabelecendo a realização de seminários de organização e gestão partidária. Com mais de 50 anos dedicados ao Trabalhismo, Dias tem percorrido o Brasil de Norte a Sul trabalhando na organização partidária.

Secom/CSPB com informações do Portal Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui