GCM é surpreendido por bandidos e Sindicato quer mais efetivo

0
111

Um Guarda Civil Municipal foi surpreendido na noite de terça-feira, dia 12 de março, e teve sua arma levada por bandidos na Unidade Básica de Saúde do Parque Ribeirão.
O crime aconteceu por volta das 20h30min. De acordo com testemunhas o GCM foi abordado por dois criminosos armados que lhe renderam e levaram sua arma de trabalho. “O GCM foi surpreendido por dois bandidos e, até para evitar o confronto, que poderia atingir pessoas que estavam na unidade, ele achou melhor entregar a arma sem reação. O que sabemos é que o Guarda ainda foi ameaçado. Os homens disseram que atirariam nele”, diz o GCM e diretor de sindicalização do Sindicato, Valdir Avelino. “Não podemos deixar um único Guarda em uma Unidade de Saúde. É necessário colocar pelo menos dois GCMs no local de trabalho. Tenho certeza de que se houvessem dois guardas na unidade o crime não teria ocorrido. Vamos cobrar do superintendente da GCM, André Luiz Tavares, a realização de concurso para que se aumente o efetivo”, ressalta Valdir.
Os servidores da secretaria da Saúde que trabalham na unidade também ficaram assustados e querem mais segurança no local. “Todos os outros servidores que trabalham na unidade estão temerosos. No ano passado um dentista passou por um sequestro relâmpago. Temos que colocar dois GCMs na unidade. Somente assim vamos tranquilizar os servidores para que eles possam prestar um bom atendimento à população”, diz o coordenador da Seccional da Saúde, Célio Aparecido. “Vamos cobrar do secretário da Saúde uma reunião para discutir o assunto. Queremos uma solução”, fala o diretor da Seccional da Saúde, Noedivaldo Bernardino.
O Sindicato também vai cobrar do superintendente da GCM uma reunião para discutir o fato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui