Conquista Histórica do Sindicato: jornada de trabalho de 30 horas semanais na Saúde completa seis anos

0
254

Há exatos seis anos (1º de Julho de 2014) era implantada, por completo, a jornada de trabalho de 30 horas semanais para os auxiliares de enfermagem, técnicos de enfermagem, atendentes de enfermagem, auxiliares de saúde bucal e auxiliares de farmácia. A conquista, no entanto, foi uma das grandes batalhas do servidores e do Sindicato nestes 31 anos da entidade que representa a categoria. Foram anos de debates e embates até a formatação do projeto e a implantação da nova jornada.

“Realizamos muitas reuniões com o Governo da época, mobilizamos os trabalhadores, fizemos assembleias, manifestações e greve. Não foi uma luta fácil, como nada é para os trabalhadores, mas atingir o objetivo, que era de dar mais qualidade de vidas aos profissionais da saúde, valeu todo o esforço feito pela nossa direção e pelos próprios trabalhadores”, salienta o presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

História de Luta

Depois de anos de debate e saindo à frente dos demais municípios do país (que ainda discutiam a implantação da jornada de 44 para 40 horas semanais), foi na data-base de 2012 que a conquista começou a ser formatada. Após aceitar o pedido dos trabalhadores, uma comissão foi formada para discutir a forma e o formato para implantação. Depois de meses de debate, uma minuta foi elaborada e ficou definido que a nova jornada seria implementada gradativamente. Em fevereiro de 2013 a primeira etapa da nova jornada foi implantada e os servidores da saúde passaram a fazer 36 horas semanais. A segunda etapa ficou programada para fevereiro de 2014.

Muitas reuniões foram realizadas com os servidores da saúde

Luta Árdua

A luta dos trabalhadores não cessou com a aprovação do projeto e a implantação da primeira etapa da nova jornada. A segunda e definitiva etapa das 30 horas sofreria com mais um duro embate com o Governo Municipal. Foi em fevereiro de 2014 que a administração anunciou que não teria condições de implementar a jornada de 30 horas semanais na data prevista.

“Me recordo que foi um baque para os servidores que já contavam com a implantação. Mas em pouquíssimo tempo Sindicato mobilizou a categoria e foi aí que a luta cresceu e ganhou força. Fizemos atos na Câmara Municipal para cobrar o apoio dos vereadores, fomos para as ruas em uma grande passeata da Secretaria da Saúde até o Palácio Rio Branco, fechamos a prefeitura e fizemos uma greve que durou 12 dias. Mas no final conquistamos o que era mais que merecido para os trabalhadores”, recorda Laerte.

Depois a grande mobilização dos servidores, ficou acordado que a implantação completa da jornada de 30 horas semanais seria feita no dia 1º de julho de 2014, o que concretizou-se na data prevista. “Essa foi, sem dúvida alguma, uma das várias conquistas históricas do Sindicato e dos trabalhadores”, finaliza o presidente Laerte Carlos Augusto.

Veja abaixo mais fotos da Luta pelas 30 Horas na Saúde.

   

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui