Vetores: Diretoria Atuante acompanha teste com máscaras respiratórias

0
165

A Diretoria Atuante acompanhou na tarde de quinta-feira, dia 14 de fevereiro, os testes com as máscaras respiratórias que serão utilizadas pelos trabalhadores na aplicação do veneno que combate o Aedes Aegypti, o mosquito da dengue. Os testes foram feitos no Controle de Vetores e os todos os servidores testaram o equipamento. O problema com as máscaras respiratórias foi constatado pelo Sindicato dos Servidores e apresentado para a chefia do Controle de Vetores no dia 30 de janeiro de 2013. Desde a constatação do Sindicato os trabalhos de nebulização estavam suspensos no município.
“Foram feitos estes testes e agora o Sindicato vai continuar acompanhando de perto esta situação para ver como será o funcionamento das máscaras no campo de trabalho. É claro que os testes são importantes, mas queremos constatar a eficácia do equipamento na dia a dia dos servidores, com as condições reais, de calor, suor e outros fatores. Vale lembrar que o tamanho de cada máscara tem de ser levado em conta, pois cada pessoa utiliza um tamanho. Também é preciso orientar corretamente os servidores. Um exemplo de orientação diz respeito a barba, no caso dos homens. A barba pode conduzir o veneno, fazendo com que o produto químico entre em contato direto com o trabalhador”, diz o responsável pelo Departamento de Segurança e Medicina do Trabalho do Sindicato dos Servidores, Gaspar Marcelino.
“A saúde do servidor está em primeiro lugar. Desde que recebemos a denúncia de que as máscaras não estavam respondendo as necessidades de segurança dos servidores nos mobilizamos para resolver a situação. A nebulização vai voltar ao normal e nós vamos acompanhar de perto se o problema foi sanado por completo”, diz o coordenador da Seccional da Saúde do Sindicato dos Servidores, Célio Aparecido.
“Os testes foram bons. Comparando o equipamento antigo com este a melhora é evidente”, comenta a servidora, Daniela Antoniazzi. “Acho que este novo equipamento vai resolver nosso problema”, finaliza a servidora, Claudia Lataro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui