Trabalhadores e Sindicato se mobilizam e projeto que criaria banco de horas é derrubado

0
106

O Sindicato dos Servidores Municipais e os trabalhadores de Pradópolis se mobilizaram na última sessão ordinária da Câmara Municipal para barrar um projeto enviado pelo governo do município que criaria o banco de horas na cidade. Com a movimentação da categoria, os vereadores entenderam o prejuízo que a lei causaria na vida dos servidores e, por unanimidade, votaram contra o projeto.

“Foi muito importante a movimentação e a união dos servidores neste momento. Os vereadores também foram bastante compreensivos, eles conversaram com o Sindicato e com a categoria e entenderam que o projeto seria nocivo para os trabalhadores. Dentro da tentativa do governo de Pradópolis estavam algumas ilegalidades. Um governante não pode retirar direitos dos servidores. Em nenhum momento a categoria e o Sindicato foram consultados sobre a criação de um banco de horas. Foi uma grande conquista dos servidores a queda deste projeto”, diz o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

Vereadores de Pradópolis entenderam a nocividade que o Banco de Horas representaria na vida dos servidores

“Foi uma mostra grande da força da categoria. O Sindicato conseguiu mobilizar os servidores que vieram para a Câmara e lutaram por seus direitos. Sem dúvida esta sessão da Câmara entrou para a história do funcionalismo com uma grande vitória dos trabalhadores”, finaliza o coordenador da Seccional de Pradópolis, Reginaldo Marcandali.

Clique aqui e assista a matéria!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui