Sindicato realiza reunião para discutir pauta dos ACS

0
685

A direção do Sindicato esteve reunida com gestores da Saúde para discutir uma pauta específica dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS). No encontro foi debatido a escala dos ACS no cumprimento da campanha de vacinação. De acordo com o que o Sindicato levantou junto a categoria, a logística aplicada pela Secretaria da Saúde na escala dos servidores tem prejudicado os trabalhadores. No encontro a direção e os servidores presentes sugeriram que o transporte da categoria seja feito através de vans e que haja a permissão para a troca entre os ACS das Unidade de Saúde da Família e Unidades Básicas de Saúde.

“É o mais lógico a ser feito. Hoje, em alguns casos, o funcionário tem de atravessar a cidade para trabalhar, sendo que ele poderia ser escalado para trabalhar mais próximo de sua residência. Claro que tudo de acordo com outros funcionários que muitas vezes fazem o caminho inverso e também seriam beneficiados pela troca entre si. O Governo se propôs a fazer uma pesquisa para identificar a preferência de cada um e assim melhorar a logística das escalas”, afirma o presidente do Sindicato, Valdir Avelino.

“As agentes comunitárias de saúde são fundamentais para a garantia de acesso à saúde pública de qualidade. Desde o início da pandemia elas estão na linha de frente do combate à Covid-19. Por isso defendi na reunião, de forma incisiva, melhores condições de trabalho e a resolução imediata da questão da insalubridade. Muitas vezes quem está lá em cima, na gestão, não sabe o que acontece aqui embaixo”, fala o coordenador da Seccional dos ACEs e ACSs, Corina.

Insalubridade

No encontro também foi abordado o pagamento de insalubridade para os novos Agentes Comunitários de Saúde. Foi informado ao Sindicato que a SMS tem feito relatórios favoráveis ao pagamento do direito ao trabalhador, mas que o andamento do processo tem parado na Secretaria da Administração. “Neste caso vamos procurar a Secretaria da Administração para destravar o processo e buscar o direito dos servidores. A participação da ACS Arianne Sibila, da base oeste, foi muito importante na reunião, pois mostrou com exatidão as dificuldades da categoria no dia a dia”, relata o presidente Valdir Avelino.

O Sindicato também aproveitou o encontro e discutiu com os gestores a melhora dos locais de trabalho e dos locais de uso comum nas unidades e cursos de capacitação para os profissionais da enfermagem por conta das agressões que os funcionários estão sofrendo neste momento de pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui