Sindicato quer pagamento de gratificação para Agentes de Saúde, trabalhadores do Controle de Zoonoses e motoristas

0
135

Em duas reuniões realizadas na tarde de quarta-feira, dia 10 de julho, o Sindicato dos Servidores cobrou do governo municipal o pagamento de gratificação, no percentual de 20%, para todos os motoristas da prefeitura, para os Agentes Comunitários de Saúde e para os servidores do Centro de Controle de Zoonoses.
Na primeira reunião, a entidade que representa os trabalhadores e a comissão formada por agentes de saúde cobraram do secretário da Saúde, Stênio Miranda, e do secretário da Casa Civil, Layr Luchesi Júnior, o pagamento da gratificação para os Agentes Comunitários de Saúde e para o servidores do Zoonoses. “Os Agentes Comunitários de Saúde estão dentro da lei que concede o pagamento da gratificação, pois realizam trabalhos externos. São servidores que prestam um serviço relevante para Ribeirão e que têm de receber este benefício. Assim como estamos cobrando o pagamento para os Agentes de Saúde, queremos também o pagamento desta gratificação para os trabalhadores do Controle de Zoonoses”, afirma o coordenador da Seccional da Saúde, Noedivaldo Bernardino.
Insalubridade – O Sindicato também cobrou do governo o pagamento de insalubridade para os Agentes Comunitários de Saúde. No caso da insalubridade, ficou acordado que o Sindicato vai protocolar o pedido para o pagamento junto ao governo municipal e a administração vai acompanhar de perto o processo. “Quando estes trabalhadores estavam na Santa Casa eles recebiam a insalubridade e agora que estão na prefeitura não recebem mais, por quê? Mudaram as funções destes trabalhadores? O que eles fazem deixou de ser insalubre? Eles continuam desempenhando as mesmas funções e por este motivo o Sindicato quer que o pagamento da insalubridade continue sendo feito. No caso da gratificação, o governo se comprometeu a realizar um estudo do impacto que o pagamento para os Agentes de Saúde e os trabalhadores do Controle de Zoonoses causará aos cofres públicos e voltaremos a discutir a situação”, diz o presidente do Sindicato, Wagner Rodrigues.
2ª Reunião
Na segunda reunião, o Sindicato cobrou do secretário da Casa Civil, Layr Luchesi Júnior, o pagamento da gratificação aos motoristas e a incorporação do prêmio de conservação ao salário base da categoria.
“O prêmio de conservação já é pago aos motoristas. Só queremos que ele seja incorporado ao salário, o que não vai gerar impacto algum ao cofre público. Já a gratificação é um direito dos trabalhadores, pois muitos motoristas já estão recebendo e todos realizam a mesma função, é uma questão de isonomia. Uma nova reunião com o governo ficou marcada para o dia 19 de julho, onde voltaremos a discutir estes assuntos”, comenta o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui