Sindicato provoca reunião para discutir futuro financeiro do SASSOM

0
115

O Sindicato dos Servidores Municipais participou na manhã de sexta-feira, dia 25 de janeiro, de uma reunião com o superintendente, Luiz Antonio da Silva, e membros da comissão do Sassom para discutir da situação financeira do órgão e a reforma da Lei 441/95.
De acordo com o vice-residente do Sindicato, Dr. José Victor Nonino, as despesas do Serviço de Assistência à Saúde dos Municipiários têm crescido mais que a arrecadação nos últimos quatro anos. “É administração pura, crescem as despesas e a receita não acompanha o crescimento na mesma proporção e o resultado é um déficit anual. Somente as despesas com internações hospitalares cresceram em torno de 75% em quatro anos, enquanto que o crescimento da receita foi em torno de 49,2% no mesmo período. È preciso fazer algo pelo SASSOM”, diz Nonino.
“A questão do déficit financeiro está atrelada a reforma da Lei 441/95. A Lei é de 1995 e precisa ser reformulada e adequada à realidade atual. Essa reunião foi provocada pelo Sindicato, pois a entidade que representa a categoria está muito preocupada com a saúde financeira do SASSOM. As discussões estavam paradas e nós retomamos estas conversas. Discutimos tudo o que foi debatido no passado e agora vamos procurar resolver a situação”, diz o diretor da Seccional da Saúde do Sindicato, Noedivaldo Bernardino.
Ao final da reunião ficou decidido que o superintendente do SASSOM vai buscar apoio técnico e profissional para encontrar a melhor maneira de se fazer a reformulação da Le1441/95.
“Vou buscar junto a uma consultoria profissional a maneira mais adequada de se fazer a reforma da Lei 441/95 para podermos corrigir os problemas existentes. Em breve vamos fazer uma nova reunião com dados em mãos para podermos avançar nas discussões”, encerra o superintendente do SASSOM, Luiz Antonio da Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui