Servidora é agredida em UBS de Ribeirão Preto

0
94

A diretoria atuante esteve na UBS do bairro Adão do Carmo em Ribeirão Preto na manhã desta terça-feira, 30, para apoiar o protesto de pelo menos 25 servidores que decidiram paralisar os atendimentos na parte manhã depois que uma auxiliar de enfermagem teria sido agredida por um paciente enquanto trabalhava.

Os Diretores do sindicato Célio Aparecido Faria Costa, Elizete Flosino e do vice-presidente do sindicato professor Donizete Aparecido Barbosa que ressaltou a necessidade do governo em tomar providências efetivas em relação a segurança nas grandes secretarias.

 

Assista a matéria completa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui