Sequestro evidencia fragilidade na segurança dos poços artesianos do DAERP

0
166

Preocupação do Sindicato é com possíveis ataques químicos que contaminem a rede de abastecimento

 

Em relação ao roubo, seguido de sequestro, que um dos funcionários do Daerp – Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto – sofreu na noite desta terça-feira, 1º de abril, o Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto reforça que há muito tempo busca, junto ao governo, melhorias na segurança dos funcionários e dos prédios da autarquia. O crime na unidade do bairro Jardim Recreio comprova a veracidade da preocupação com esses trabalhadores e expõe a fragilidade dos locais onde estão instaladas as bombas que abastecem a cidade. “Esses terrenos deveriam ser murados e não cercados com alambrados, como a maioria é, câmeras também deveriam ser instaladas para um monitoramento 24 horas. Uma bomba que abastece milhares de pessoas em diferentes bairros, não pode ter acesso tão fácil assim, algo muito pior pode acontecer se algum produto químico for jogado na rede de abastecimento, por exemplo”, diz o presidente do Sindicato, Wagner Rodrigues.   “Nós temos postos com mato alto e os nossos trabalhadores ficam expostos a ação de vândalos, é uma situação muito preocupante. O bem público, que é a água, deve ser tratado com mais atenção pelos governantes que têm o dever de trazer mais segurança aos trabalhadores e à população”, afirma o coordenador da Seccional do DAERP, Jorge Ferreira ‘Radim’.

 

Crime

O servidor, que é bombeiro, se preparava para trocar o plantão quando foi rendido por três indivíduos armados com uma espingarda na sede da bomba de recalque no bairro Jardim Progresso. Os criminosos roubaram uma televisão, o carro do trabalhador, a carteira e o celular dele. Ele chegou a ser agredido pelos assaltantes e seqüestrado no momento da fuga. Os bandidos abandonaram a vítima em uma rodovia próxima ao bairro Jardim Progresso, ele pediu ajuda e informou o superintendente do Daerp sobre o caso, todos foram para a delegacia registrar o boletim de ocorrência.

Durante o patrulhamento Guardas Civis Municipais prenderam um suspeito de 19 anos e também recuperaram os pertences da vítima. Os outros dois suspeitos conseguiram fugir. O Servidor foi levado para a unidade de saúde onde passou por atendimento médico e foi liberado. O jovem detido foi encaminhado para o CDP- Centro de Detenção Provisória de Ribeirão Preto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui