Sem salário, servidores prometem grande manifestação na porta da prefeitura

0
92

A greve dos servidores municipais de Ribeirão Preto que teve início no dia 02 de janeiro por falta de pagamento dos salários de dezembro de mais de nove mil trabalhadores chega ao seu 5º dia de paralisações nesta terça-feira, 10, com uma grande manifestação programada logo pela manhã. O objetivo é reunir os servidores na frente do Sindicato dos Servidores Municipais, no bairro Campos Elíseos, às 8:00 horas, e sair em caminhada até o Palácio Rio Branco, sede da prefeitura municipal, onde haverá um grande ato de protesto pela falta de pagamento seguido de uma assembleia geral.

A manifestação foi planejada durante a reunião da Comissão de Greve e a Diretoria Atuante na tarde de hoje, e todo servidor está convocado a participar desse movimento que promete expor toda indignação da categoria que ainda não conseguiu pagar suas contas do início do ano.

Segundo a Diretoria Atuante é importante que todos os servidores cheguem com antecedência até o sindicato para a distribuição do material gráfico do movimento grevista.

Além da atenção com o horário do protesto, o presidente da entidade, Laerte Carlos Augusto, destacou que esse será o momento do servidor demonstrar unidade para defender seus direitos.

 “É importante que cada trabalhador que ficou sem seu salário participe desse movimento e mostre para o governo que o servidor deve ser prioridade. Não podemos aceitar esse desrespeito com milhares de pais e mães de família que agora se encontram endividados. Não vamos aceitar nenhum direito a menos e vamos mostrar isso nas ruas neste quinto dia de greve”, enfatizou Laerte.

Além dos setores da administração direta como: saúde; educação; administração; infraestrutura entre outros, a guarda civil municipal também ficou sem pagamento e, portanto, aderiu à greve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui