Sassom não pode limitar exames prescritos por médicos, diz Sindicato

2
910

A saúde é um direito fundamental das pessoas e as exigências prescritas por médico responsável deve prevalecer sobre o interesse meramente financeiro da autarquia

 

A direção do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Guatapará e Pradópolis comunica aos associados que não cabe ao Sassom (Serviço de Assistência à Saúde dos Municipiários) limitar exames prescritos por médicos que acompanham o segurado. Cabe ao médico que acompanha o caso – e não ao Sassom – estabelecer qual o tratamento adequado para alcançar a cura ou amenizar os efeitos da doença.

Mesmo nos casos onde o procedimento solicitado pelo médico não esteja previsto no rol da Agencia Nacional de Saúde (ANS), não pode o Sassom restringir a realização de exames ou de tratamentos.

Nas situações onde o Sassom negar cobertura a exame destinado a completar o diagnóstico e precisar a evolução de doença, o servidor prejudicado deve comparecer imediatamente ao plantão jurídico da entidade.

 

O plantão jurídico do Sindicato é realizado todos os dias na sede da entidade (Rua Onze de Agosto, 361 – Campos Elíseos). O atendimento jurídico periódico ocorre da seguinte forma:

 

Plantão Jurídico

Segundas, terças e quintas-feiras
Plantão Trabalhista / Civil
Das 09h às 12h e das 13h30 às 17h

Quartas-feiras
Plantão Previdenciário
Das 09h às 12h e das 13h30 às 17h

 

Sindicato, o tempo todo com você!

2 COMENTÁRIOS

  1. Ontem fui autorizar alguns exames no SASSON, aguardei minha vez, o táxi me esperando para eu ir fazer exame atenderam tidas as pessoas que chegaram na minha frente. Precisei remarcar o exame paguei o táxi e dispense. Disseram que primeiro autoriza o exame e depois marca o dia. Recebi os exames com dois exames grifado em amarelo: Ecocardiograma e Hemograma, disseram que iriam passar por perícia e três dias para resposta, telefonar, verificar pelo APP ou ir direto no médico. Deveriam nos informar de novas mudanças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui