Quando na batalha se perde um soldado!

0
171

Jacira Campelo*

Em momentos de guerra a maior proeza de um ataque é manter seus soldados intactos e vivos, pois no campo de batalha é imaginável o que pode acontecer.
E assim é a vida, dentro de nossa luta diária. Falo isso, porque em 2004 sonhamos, pensamos e criamos oportunidade de qualificar e dar melhores condições aos servidores, em especial àqueles que possuem problemas familiares, sociais e financeiros, através do nosso Departamento Social, comandado pela Diretoria Social.
Sobre esse assunto quase nunca damos publicidade porque entendemos ser esse um problema de ordem muito pessoal e particular e quando um trabalhador chega ao nosso Departamento, podemos ver sua indignação, receio e até vergonha. São vários os motivos que o fazem nos procurar, não foram um ou dois que nos pediram ajuda quanto aos problemas de alcoolismo ou drogadição, seja pra si próprio ou para seus filhos. E o Sindicato, através de sua diretoria social, celebra convênios com clínicas de tratamentos em regime de internação; faz o trabalho de acompanhamento às famílias, entre outros serviços.
Outro problema também muito sério enfrentado por nossos trabalhadores é o descontrole financeiro. Esse problema acarreta em outros ainda maiores, como a doença chamada de hiponímia, mais conhecida como depressão, que tem levado uma grande parte dos nossos servidores aos consultórios médicos.
E o Sindicato vem junto com a sua diretoria tentando encontrar os motivos e as soluções. Não é uma empreitada fácil, pois sabemos que o servidor acima de tudo necessita ser valorizado no seu local de trabalho, trabalhar satisfeito, para isso é preciso ser elaborado o tão sonhado Plano de Carreira. É preciso ser extirpado do nosso meio os cargos de chefias que cometem abusos causando danos através de assédio moral, velado ou não. Precisamos encontrar soluções em conjunto. Já estamos fazendo a nossa parte, através das internações, auxilio alimentar, acompanhamentos e etc. Através do nosso grande projeto social que é a Farmácia Dr. José Victor Nonino, local onde podemos comprar com facilidade de pagar e com preços mais baixos.
Caros servidores, esse relato serve para ilustrar um pouco a luta da companheira Regina Lúcia Balieiro Moço Castro, assistente social que esteve à frente desse Departamento por sete anos dando a sua contribuição. Regina Balieiro faleceu no dia 04 de fevereiro passado. Ela colocou todo o seu conhecimento nesta área em prol dos necessitados, trabalhando dia a dia com zelo e dedicação. A nossa companheira se foi, mais o seu trabalho continuará a nos inspirar para que, seguindo seus exemplos, possamos continuar em busca de melhorias na condição de vida do servidor.
VALEU REGINA BALIEIRO!

* Diretora Executiva; Diretora de Sindicalização do SSM-RPG; Diretora Estadual da CTB-SP; Diretora Estadual da UBM – União Brasileira de Mulheres – SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui