Em reunião na DAE Sindicato debate a contratação de cozinheiras

0
140

Em mais uma reunião na Divisão de Alimentação Escolar (DAE) a Diretoria Atuante do Sindicato dos Servidores debateu sobre a necessidade da contratação de cozinheiras para a rede municipal de ensino. Durante o encontro com o responsável pela Divisão, Aliomar Martins, a entidade que representa a categoria mostrou a importância de se contratar novos profissionais para o cargo de cozinheiro para garantir a qualidade da merende escolar servida em Ribeirão Preto e a qualidade de vida para os profissionais que hoje exercem a função na cidade. De acordo com o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto, “a demanda na cidade é de pelo menos 70 novos cozinheiros e tem que ser suprida”.

“Algumas cozinheiras se aposentaram, outras estão afastadas, readaptadas, exercendo outras funções e até exonerações. É preciso contratar para que a qualidade da merenda, que é muito boa, continue e, principalmente, para que as trabalhadores que hoje desempenham a função na rede não sofram com trabalho excessivo. A prefeitura tem de resolver essa situação rapidamente, pois a demanda de trabalho é grande e os profissionais da área estão diminuindo. Tem que contratar urgentemente”, diz Laerte.

– Foi uma reunião produtiva, debatemos, trocamos ideia e com certeza mostramos a necessidade de se contratar mais cozinheiros para a rede. Continuaremos cobrando do governo para que essa situação seja resolvida rapidamente. O que não dá para continuar é essa realidade onde as cozinheiras são exigidas ao máximo porque não tem o número suficiente de profissionais na rede. Tem que contratar imediatamente – fala a coordenadora da Seccional do Sindicato, Cristiane Gonçalves Francisco.

– Valorização de servidores não se resume apenas a questões financeiras. A contratação de mais trabalhadores e melhores condições de trabalho também são encaradas como valorização. O chamamento de novos cozinheiros representa uma valorização importante as estes profissionais, pois a categoria está sofrendo com o déficit existente na rede – salienta o vice-presidente do Sindicato, Donizeti Aparecido Barbosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui