Data Base: Servidores de Guatapará aprovam pauta de reivindicações

0
127

Em assembleia realizada na noite de quinta-feira, dia 9 de maio, os servidores municipais de Guatapará aprovaram, por unanimidade, a pauta de reivindicações da categoria.
As reivindicações dos trabalhadores para a montagem da pauta, que será apresentada para o governo, foram colhidas em visitas setoriais realizadas pelo Sindicato.
“A pauta foi feita através das cobranças dos servidores. Percorremos os locais de trabalho e buscamos os anseios da categoria. A pauta foi aprovada por unanimidade por se tratar de reivindicações coerentes dos trabalhadores, não estamos cobrando nada além do que é direito do servidor”, diz o coordenado da Seccional de Guatapará, Rosimara Emídio.
A pauta aprovada será apresentada prefeito na próxima semana. “Vamos sentar com o governo e começar a discussão dos itens cobrados pelos servidores. Queremos um reajuste condizente com a necessidade da categoria. Precisamos garantir uma melhor qualidade de vida e um poder maior de compra para os nossos trabalhadores. O servidor de Guatapará tem de ser valorizado, e vamos conquistar essa valorização e melhores condições de trabalho”, ressalta o diretor de sindicalização do Sindicato, Valdir Avelino.
“No ano passado o prefeito não cumpriu com o acordado, mas, este ano, o que for acordado terá de ser cumprido à risca. O servidor necessita de condições de trabalho dignas, e é isso que vamos exigir do governo de Guatapará”, argumenta o diretor do Sindicato, Noedivaldo Bernardino.
“Nossa pauta foi elaborada de acordo com as necessidades dos servidores e com muita coerência, que é uma marca da Diretoria Atuante. Não vamos cobrar nada além do que é direito do servidor, e nada além das possibilidades da prefeitura”, comenta a secretária geral do Sindicato, Jacira Campelo.
“Estes trabalhadores ficaram por muitos anos abandonados, mas depois que a Diretoria Atuante decidiu abraçar a causa a situação tem mudado bastante. Vamos mais uma vez cobrar os direitos da categoria, e o prefeito terá de valorizar os servidores”, finaliza o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.
Confira os Itens da pauta de reivindicações:
ITENS ECONÔMICOS
1 – Reposição das perdas salariais do exercício de 2011 no valor de 6,50%, e reposição das perdas salariais do exercício de 2012 no valor de 6,59%, observando-se o índice IPCA de abril 2013, perfazendo o valor total de 13,09% a ser aplicado aos vencimentos mensais integrais a partir de 1° de Maio de 2013;
2 – Reajuste no vale alimentação R$ 115,00 para R$ 250,00;
3 – Cumprimento do acordo coletivo 2012, referente ao pagamento da última parcela dos atrasados, no percentual de 1.75%;
4 – Criação de prêmio incentivo no valor de 20% para todos os funcionários;
ITENS GERAIS
01 – Redução da Jornada de Trabalho de 44 para 40 horas semanais;
02 – Implantação do plano de carreira;
03 – Equiparação do valor da hora aula regional;
04 – Revisão da tabela de progressão do repasse do FUNDEB;
05 – Fim do desconto de 01 (uma) hora de almoço ou jantar em pecúnia para os trabalhadores da jornada de trabalho 12×36;
06 – Regulamentação da carga horária 12×36;
07 – Cumprimento da legislação em vigor que garante ao servidor que estiver afastado por atestado médico a integralidade de sua jornada de trabalho;
08 – Pagamento de uma verba específica para alimentação dos motoristas e profissionais da enfermagem quando há o deslocamento do município;
09 – Maior segurança nos serviços da saúde;
10 – Parceria com convênio Médico;
11- Igualdade na aplicação da Lei 37/2005 que dispõe sobre o adicional de transporte intermunicipal aos trabalhadores públicos;
12- Construção de refeitório e sanitários em todos os prédios públicos para servidores;
13- Alteração do mês da data base para Março;

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui