Cobrança do Sindicato: Câmara aprova PL que cria 207 cargos, efetivos, de professores

0
328

Mais uma cobrança frequente do Sindicato dos Servidores Municipais é atendida pelo Governo Municipal de Ribeirão Preto. A Câmara Municipal aprovou na sessão ordinária desta quinta-feira (23) o projeto de lei complementar 28/2022 que cria 207 cargos de professores, efetivos, na rede municipal de ensino.

“A contratação de servidores efetivos é uma cobrança constante do Sindicato. Saber que mais 207 professores efetivos ingressarão no serviço público de Ribeirão é algo muito satisfatório, pois sabemos os reflexos positivos que as contratações trarão para os nossos alunos, para a qualidade do ensino em nossa cidade e para os nossos trabalhadores, que estão sobrecarregados. Assim como fizemos na Educação, vamos continuar cobrando mais contratações de servidores efetivos em todos as secretarias e autarquias de Ribeirão”, confirma o presidente do Sindicato, Valdir Avelino.

“A demanda existente em Ribeirão por vagas é grande, assim como a necessidade de se construir mais unidades escolares. Estes 207 cargos criados atendem uma parte importante da cobrança feita pelo Sindicato. Mas também aproveitamos para lembrar que é preciso pensar nas demais carreiras existentes dento da Secretaria Municipal da Educação e a criação de cargos e a abertura de concurso público para elas”, ressalta a coordenadora da Seccional da Educação do Sindicato, professora Luciana Colla.

A lei complementar aprovada entra em vigor a partir de sua publicação.
“Essas contratações, que foram cobradas pelo Sindicato e que agora foram aprovadas pela Câmara Municipal, além do reflexo direto na Educação, vão refletir também no nosso SASSOM. Temos que ressaltar que toda contratação de trabalhadores efetivos feita pela prefeitura tem reflexo direto no órgão que cuida da nossa saúde, que passa a arrecadar mais e melhora ainda mais a saúde financeira do SASSOM, que como já defendemos, não é o ‘bicho de sete cabeças’ que pinta o Governo”, lembra o vice-presidente do Sindicato, Caio Cristiano.

“O IPM também sentirá positivamente estas contratações. Se toda contratação feita pela prefeitura nos últimos anos tivesse sido feita através de concursos para cargos efetivos , nosso IPM provavelmente não teria problema financeiro algum. Mais uma reivindicação do Sindicato atendida que melhorará a vida de muita gente”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Alexandre Pastova.

“Uma Educação de melhor qualidade, profissionais menos sobrecarregados, IPM e Sassom com melhores arrecadações, é essa postura que cobramos deste Governo desde o início de sua gestão. Continuaremos cobrando mais investimentos em contratação e em condições de trabalho, pois somente assim teremos uma cidade verdadeiramente acolhedora”, fala o presidente do Sindicato, Valdir Avelino.

Confirma abaixo os cargos criados com a aprovação do PL 28/2022
I – 50 (cinquenta) cargos de Professor de Educação Básica 1;
II – 40 (quarenta) cargos de Professor de Educação Básica II;
III – 04 (quatro) cargos de PEB III – Arte;
IV – 05 (cinco) cargos de PEB III – Ciências Físicas e Biológicas;
V – 08 (oito) cargos de PEB III – Educação Física;
VI – 03 (três) cargos de PEB III — Geografia;
VII – 05 (cinco) cargos de PEB III – História;
VIII – 81 (oitenta e um) cargos de PEB III — Inglês;
IX – 08 (Oito) cargos de PEB III – Língua Portuguesa;
X – 03 (três) cargos de PEB III – Matemática

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui