Agentes Técnicos de Fiscalização decidem por reunião com jurídico da Prefeitura

0
132

Os trabalhadores Agentes Técnicos de Fiscalização optaram durante uma reunião na sede do Sindicato dos Servidores na tarde desta segunda-feira (23) por uma conversa com a Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura que irá acontecer na manhã deste dia 24 (terça-feira) no Palácio Rio Branco. O horário ainda não foi definido, porém, o que ficou acordado com o governo, é que o encontro acontecerá no período da manhã. Assim que o Sindicato receber a confirmação do horário toda a categoria será informada através dos canais de comunicação da entidade (site – www.municipais.org.br e página do facebook – sindicatoservidoresmunicipais.ribeiraopreto).

agentes votação

Reunião com o governo

Na manhã desta segunda-feira os trabalhadores, com o apoio do Sindicato, realizaram um manifesto que teve início na Secretaria da Fazenda e terminou na sede da Prefeitura. Diante da clara insatisfação dos servidores, o secretário de Governo, Nicanor Lopes, recebeu uma comissão formada por servidores e membros da Diretoria Atuante do Sindicato. No encontro, ficou definido que uma resposta seria dada a categoria sobre o decreto publicado pela administração na última quinta-feira que suspendeu a Lei 2.765/16 e retirou algumas conquistas importantes dos trabalhadores. A proposta da Prefeitura foi pela realização de uma reunião com membros da Secretaria de Negócios Jurídicos para que o assunto seja debatido. Os servidores que participaram da reunião na sede do Sindicato, praticamente todos os Agentes Técnicos de Fiscalização, decidiram por realizar o encontro com o governo para tentar resolver o problema.

“Assim que nos reunimos com o secretário de Governo, Nicanor Lopes, e ele sinalizou para uma conversa mais ampla com o Sindicato e com os trabalhadores, agendamos uma reunião para o período da tarde com a categoria. A proposta da Prefeitura pela realização de uma reunião com o Sindicato e uma comissão formada por trabalhadores foi aceita e faremos isso já amanhã (terça-feira). Teremos a oportunidade de mostrar para a administração que não há nada de errado com a Lei 2.765/16, e que o erro está, na verdade, no decreto do governo suspendendo as conquistas do trabalhadores. Será um encontro importante para resolvermos esse impasse”, diz o presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

agentes última foto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui