Agentes de Saúde: Sindicato vai reivindicar melhores condições de trabalho

0
117

O Sindicato dos Servidores Municipais esteve na tarde de quarta-feira, dia 5 de setembro, na Unidade Básica de Saúde da Vila Albertina e constatou que faltam condições de trabalho para as Agentes Comunitárias de Saúde. A reclamação das trabalhadoras está relacionada à sala onde os trabalhos são desenvolvidos. De acordo com as servidoras, o local, de pouco mais de 10 m², é utilizado por 21 agentes. “Temos que fazer relatórios e outros serviços. O problema é que a sala é muito apertada e se todas forem fazer o relatório é humanamente impossível”, diz a agente Elaine Miranda Baptista. “Estivemos na unidade e constatamos que a sala destinada às agentes de saúde realmente é pequena pelo número de profissionais que trabalham naquele local. Também podemos ver que existe um espaço ao lado da unidade que está parado e que pode se transformar numa sala adequada. Vamos encaminhar e cobrar do governo uma solução para o problema das agentes”, ressalta o coordenador da Seccional da Saúde, Célio Aparecido.
“A unidade da Vila Albertina não é o único local que apresenta falta de condições para as agentes de saúde. Existem outros locais que precisam de melhores estruturas, como a unidade da Estação do Alto. Vamos percorrer os locais de trabalho e fazer um apanhado dos problemas, para, posteriormente, cobrar a solução definitiva da Secretaria da Saúde”, finaliza o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui