Sindicato realiza ação em defesa do Daerp

0
314

A Diretoria do Sindicato dos Servidores realizou, neste final de semana, uma ação de orientação para a população, dos bairros da zona norte e leste, sobre os prejuízos que Ribeirão Preto terá com a transformação do Departamento de Água e Esgoto (Daerp) em Secretaria, como deseja o Governo Municipal.

Um carro de som da entidade percorreu diversos bairros. Além de mostrar parte dos problemas que nossa cidade vai enfrentar com a desejada transformação do Governo, a direção do Sindicato mostrou a importância de o ribeirão-pretano cobrar de seu vereador um posicionamento contrário a alteração.

“Será muito ruim para a nossa cidade essa mudança. O Daerp, que hoje é autossuficiente, em gestão, em recursos, em investimentos, com certeza sofrerá sérios prejuízos caso a vontade deste Governo seja concluída. Vale ressaltar que tudo que de ruim acontecer com o Daerp, automaticamente será revertido aos serviços prestados ao povo de nossa cidade”, alerta o vice-presidente do Sindicato e funcionário do Daerp, Fábio Ribeiro.

Sem autonomia, com os recursos financeiros e humanos sendo usados pelo governo por critérios políticos em outras áreas da Administração, o DAERP vai perder de vez a capacidade de investir na manutenção e ampliação dos seus serviços.

“O Governo quer que o ribeirão-pretano beba água do Rio Pardo. E se transformar a autarquia em secretaria, isso corre o sério risco de acontecer ainda nesta gestão. Sem recursos próprios, o Daerp está fadado ao sucateamento”, afirma o coordenador da Seccional do Daerp, Jorge Ferreira ‘Radim’.

“Tarifas de água e esgoto mais caras, água de fontes duvidosas, os recursos financeiros da autarquia e o sucateamento do serviços de qualidade do Daerp. Todos estes são sérios problemas que enfrentaremos, caso a vontade do Governo seja atendida e nossos vereadores aprovem a mudança na Lei Orgânica de Ribeirão. É de extrema importância que toda a população cobre um posicionamento de seus vereadores e exija deles a não alteração da lei orgânica. Continuaremos fazendo o possível, sem medir esforços, para defender nossa autarquia. A água é nosso recurso natural mais precioso, então temos de tratá-la de acordo com sua importância, com arrecadação próprio e com investimentos próprios e exclusivos”, fala o presidente do Sindicato, Valdir Avelino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui