Sindicato denuncia nomeação imoral no Conselho Fiscal do IPM

0
114

A Diretoria Atuante do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto e Guatapará denunciou na manhã de terça-feira (22) a nomeação de quatro diretores do Sindicato dos Bancários para atuarem no Conselho Fiscal do Instituto de Previdência dos Municipiários (IPM). A nomeação foi feita pelo atual superintendente do instituto, Arnaldo Benedetti, que preside o Sindicato dos Bancários. A denúncia chegou à diretoria pelo serviço Disque Denúncia (telefone 3636 4136), canal que vem sendo muito utilizado pela categoria. “Essa nomeação é imoral e vai contra tudo o que prega a Diretoria Atuante. Essas pessoas não terão nenhum tipo de isenção para com o IPM, pelo contrário só falarão amém ao chefe, o que pode vir a prejudicar e muito os aposentados e pensionistas atendidos pelo Instituto”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores, Wagner Rodrigues.
A Diretoria Atuante já decidiu procurar o Ministério Público do Estado de São Paulo e o Ministério da Previdência para que as autoridades fiquem a par da situação. “Exigimos uma solução que garanta a transparência na administração do IPM”, acrescenta Wagner Rodrigues.
O Sindicato dos Servidores Municipais luta para que a superintendência do IPM seja exercida por servidores municipais, e não por pessoas que ocupam o cargo sem nenhum vínculo com a categoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui