Sindicato consegue prorrogar prazo do P.C.C.S

0
116

O prazo de entrega dos certificados de escolaridade e cursos de aperfeiçoamento que terminava hoje, 11, foi estendido até o dia 18 de novembro. A mudança ocorreu depois que o Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto protocolou um ofício na Secretaria de Administração pedindo a prorrogação para evitar que os servidores com dificuldades de apresentar os documentos sejam prejudicados. A entrega dos certificados faz parte do processo de promoção do P.C.C.S – Plano de Cargos Carreiras e Salários.

Segundo a entidade, a necessidade de se estender o prazo ocorreu devido à falta de informação. “Esse foi o principal motivo! A ideia do governo foi descentralizar o processo e, isso não é ruim, mas por questões administrativas as informações não chegaram corretamente aos servidores. Muitos trabalhadores não sabiam, sequer, que o prazo terminava nesta sexta-feira”, comentou o vice-presidente Prof. Donizeti Aparecido Barbosa.

O presidente em exercício da entidade, Laerte Carlos Augusto, destacou a importância da intervenção do Sindicato no prazo de encerramento já que muitos servidores tiveram dificuldades com a documentação e ainda não fizeram a entrega. “O PCCS veio para valorizar nossos servidores, não temos dúvidas disso; mas acontece que, nesse processo, houve uma falha do governo na comunicação com os trabalhadores e o Sindicato não podia permitir que absolutamente nenhum servidor fosse prejudicado por conta disso. A Diretoria Atuante priorizou esse assunto e o governo entendeu nossa preocupação concordando em dar uma semana a mais para que tudo se organize”. Concluiu Laerte.

Ele também destacou que nas últimas semanas a entidade tem intensificado a realização de reuniões explicativas na sede da entidade e também nos locais de trabalho sobre as etapas do P.C.C.S.

O processo para apresentar os certificados é feito de forma online pelo canal do servidor onde se encontra o formulário que deve ser preenchido pelo trabalhador listando todos os seus cursos. O Plano de Cargos Carreiras e Salários deve atingir, em média, 6 mil servidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui