Sindicato assina acordo coletivo de trabalho que prevê reajuste a servidores

0
98

Documento também versa sobre a nova data de pagamento salarial dos trabalhadores, que passa a ser a 1ª quarta do mês ou o 5º dia útil, o que vier primeiro

 

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais , Laerte Carlos Augusto, assinou na manhã desta quarta-feira (25) o acordo coletivo de trabalho que garante 2,5% de reajuste nos salários, vale-alimentação e cesta nutricional dos aposentados para o funcionalismo municipal de Ribeirão Preto. Diretoria da entidade e servidores também acompanharam a solenidade, que ocorreu no Salão Nobre do Palácio Rio Branco.

A oficialização do acordo aconteceu em sessão solene que além do presidente da entidade e do prefeito municipal, Duarte Nogueira Junior, contou com a participação do secretário de Governo, Nicanor Lopes, do presidente da Câmara Municipal, Igor Oliveira e também do secretário adjunto da Casa Civil, Antônio Daas Abboud.

Album6

“A assinatura desse acordo coletivo vem depois de muita conversa e muito suor. Nossa missão enquanto Sindicato é trabalhar por aquilo que é justo para o servidor e mais do que isso, é garantir que os direitos de cada um deles seja cumprido. Acreditamos no diálogo e nos valemos dele para buscar essa conquista para os trabalhadores”, explicou o presidente da entidade.

Além de tratar sobre o reajuste, o documento também estabelece nova data para o pagamento salarial, à partir de 1º de junho os servidores receberão na primeira quarta-feira do mês ou no quinto dia útil – o que vier primeiro. A assinatura do acordo vem depois de dez dias de greve e aprovação da proposta pela maioria em assembleia geral acontecida em 19 de abril.

De acordo com a administração, o repasse representa 20% de ganho real sobre o percentual anual de 2,06% observado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), dado habitualmente utilizado para fins de correção salarial da categoria.

Album1

 

Recebimento do reajuste

O acordo coletivo deve ir a voto na sessão da Câmara Municipal desta quinta-feira (26), caso aprovado pelos vereadores entra em vigor à partir da data de publicação no Diário Oficial do Município.

Os demais itens da pauta, aqueles não econômicos, serão debatidos em reuniões específicas entre a comissão formada por servidores e diretores do Sindicato e os responsáveis por cada secretaria à partir do mês de Maio.

“Estamos felizes vendo as coisas caminharem, o servidor é peça fundamental no funcionamento de nosso município. Esperamos que as negociações dos itens específicos sigam com bom senso, cooperação e sempre pensando no melhor para o trabalhador”, finalizou Laerte.

Album8

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui