OS’s: Repercussão da liminar conquistada pelo Sindicato é destaque em todos os veículos de comunicação de Ribeirão Preto

0
76

A juiza da 1ª Vara da Fazenda Pública, Mayra Callegari Gomes de Almeida, atendeu a um pedido formulado pelo Sindicato dos Servidores Municipais em Ação Civil Coletiva contra a Terceirização do SUS e concedeu uma liminar proibindo a Câmara Municipal de Ribeirão Preto de votar o Projeto de Lei Complementar que transfere para as Organizações Sociais serviços de saúde municipais. Se a Câmara descumprir a decisão judicial, a multa determinada é de 1 milhão de reais. Diante da vitória do Sindicato através da Justiça, a Câmara decidiu retirar da pauta de votação, na noite de ontem (9), do recurso da Prefeitura que pretendia atropelar o parecer da Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação da casa de leis. Diante da importante vitória do Sindicato, todos os veículos de comunicação de Ribeirão Preto estão reprecutindo a notícia. Veja a reprecussão do fato e a decisão liminar da Justiça. 

Liminar Tribuna 

Clique aqui e veja a matéria no site do Jornal Tribuna

 

Liminar A Cidade 

Clique aqui e confira a matéria do Jornal A Cidade

O site da EPTV-Ribeirão (G1) também deu destaque para a matéria. Clique aqui e confira!

Confira também abaixo a decisão da Justiça.

Decisão Liminar 1 

Decisão Liminar 2 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui