O que mudará se o agente administrativo passar a ser Agente SUS?

0
208

A pergunta sobre as mudanças que vão além da alteração da nomenclatura começou a ser respondida na manhã de hoje, 18, pelo governo em reunião na secretaria de administração com o Diretor do Departamento de Recursos Humanos, Thomaz Perianhes Junior. As principais dúvidas sobre a transformação dos cargos dos Agentes Administrativos para Agente SUS foram analisadas e discutidas entre o representante do governo, a comissão de trabalhadores (Simone Meneses do Vila Mariana; Marlene Alencar do Cap’s III e Edcarlos da Secretaria da Saúde) e a Coordenadora da Seccional da Saúde do Sindicato dos Servidores Municipais, Débora Alessandra.

De acordo com a representante da entidade, os questionamentos levantados pelo sindicato e comissão serão analisados pelo governo, sobretudo juridicamente antes do retorno oficial que será colocado em assembleia com os trabalhadores. É provável ainda que reuniões como essas aconteçam novamente. De imediato, o que foi abordado poderá ser esclarecido pela categoria com a própria coordenadora e também com os membros da comissão que acompanham o caso.

Veja alguns tópicos do que foi abordado:

* Redução da jornada de trabalho de 40 para 30 horas semanais

* Pode ocorrer remanejamento?

* É obrigatório mudar?

* Alteração no vale alimentação

* Plano de Carreira

Débora Alessandra; Valdir Avelino; Marlene Alencar do Cap’s III; Edcarlos da Secretaria da Saúde; Simone Meneses do Vila Mariana e Thomas Perianhes Junior

Para o diretor de Sindicalização do Sindicato, Valdir Avelino, que também participou da reunião, é preciso cautela para resguardar os trabalhadores. Atualmente existem aproximadamente 240 agentes administrativos na área da saúde. “O sindicato junto com a comissão está lutando para garantir os avanços desse desejo dos servidores da saúde, reivindicado em data base, para isso, estamos exigindo do governo o máximo de transparência e esclarecimento sobre esse processo”, se posicionou Avelino.

“Essa foi a primeira fase do processo de esclarecimento que deve perdurar até que os trabalhadores envolvidos estejam munidos de toda informação necessária para entender o procedimento e as consequências dessa mudança de agente administrativo para agente SUS”, declarou Débora após a reunião. Ela também lembrou que a situação dos agentes que tiveram a jornada de trabalho reduzida durante a administração do governo de 1997/2000 está sendo avaliada.

Diretor do Departamento de Recursos Humanos, Thomaz Perianhes Junior

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui