Em reunião com representantes da Prefeitura e da Câmara, Sindicato exige respeito a segurança jurídica e a garantia do pagamento integral aos servidores

0
63

Em entrevista após o encontro, o presidente do Sindicato afirmou que“não é apenas o ‘mercado’ que exige segurança jurídica para que seus contratos sejam respeitados. Os servidores públicos municipais também exigem tal segurança para o salário do final do mês, para desempenharem com normalidade e regularidade a prestação de serviços de natureza pública”

 

Na manhã desta sexta-feira (15), a direção do Sindicato dos Servidores Municipais esteve reunido com representantes da Prefeitura e da Câmara Municipal para cobrar uma solução para o “prêmio-incentivo”, colocado em risco à partir de uma ação da Procuradoria do Estado. O encontro acontece logo após o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) considerar procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) movida pela Procuradoria de Justiça de São Paulo que julga a inconstitucionalidade do beneficio.

O caso se estende desde o último mês de maio quando a atuação de um advogado particular que representava um único servidor, em solicitações motivou a Adin. ” A ação tem provocado toda uma situação de instabilidade no funcionalismo e a reunião desta manhã serviu alinharmos nossos esforços em busca de solução para essa grave situação”, explicou Laerte Carlos Augusto, presidente do Sindicato.

“Não pode o judiciário, depois de 22 anos, vir e dizer que aquele cidadão que já incorporou esses vencimentos no seu padrão de vida, tenha isso retirado de seus vencimentos”, afirmou o vereador Renato Zucoloto, representante da Câmara Municipal presente ao encontro.

WhatsApp Image 2017-09-15 at 16.54.05O vereador Renato Zucoloto também participou da reunião, realizada na manhã desta sexta-feira (15) na sede da administração (Foto: SSM)

A reunião também discutiu outra grande preocupação do Sindicato, o pagamento dos salários do mês de outubro de forma integral. De acordo com o secretário da Administração, AngeloPessini Júnior, cada servidor receberá o que é seu de direito sem descontos por conta da ação judicial.

“A intenção do governo não é retirar nada. O próximo fechamento da folha acontece entre os dias 20 e 22, nesse período o acórdão ainda não foi publicado. Então a folha do próximo mês está garantida nos termos em que já vinha sendo paga”, esclareceu.

WhatsApp Image 2017-09-15 at 16.54.05 (1)Angelo Pessini, secretário da Administração, afirmou que cada servidor receberá o que é seu de direito sem descontos (Foto: SSM)

Durante o encontro, definiu-se ainda a criação de um Comitê de Política Salarial composto pelo Sindicato e representantes jurídicos da prefeitura e da Câmara de Vereadores.

O Sindicato reforça ainda que não aceitará que o servidor seja penalizado com a decisão do TJSP. “Sabemos do impacto e do reflexo que traz a possível suspensão do pagamento do prêmio. Esses valores já estão inseridos na vida do trabalhador e a retirada deles causaria inúmeras consequências.”, afirmou o presidente do Sindicato.

 

Convocação aos servidores

É fundamental mantermos o espírito de luta e de mobilização da categoria, prontos para ações unitárias e coletivas em defesa desta conquista ameaçada. Só com unidade, informações precisas e mobilização vamos virar o jogo e mostrar que a categoria não vai aceitar o desmonte do serviço público e a destruição dos direitos conquistados ao longo de tantos anos de luta.

Assim que a Prefeitura e a Câmara Municipal apresentarem caminhos viáveis para a garantia da integralidade salarial do conjunto da categoria (incluindo aposentados) o Sindicato convocará a categoria parase reunir e avaliar a proposta. Não aceitaremos nenhum centavo a menos, como já foi anunciado pelo Sindicato ontem. Ninguém vai impor derrotas a categoria sem enfrentar resistência, sem enfrentar muita luta. A integralidade do salário deste mês foi garantida na reunião e o Sindicato buscará uma próxima reunião de negociação já para a próxima semana.

 

WhatsApp Image 2017-09-15 at 16.54.05 (3)
Documento assinado pelas entidades presentes na reunião (Reprodução: SSM)

 

Confira matéria:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui