Data-base: Governo manda projeto sem impacto financeiro e conquistas dos servidores volta hoje para a Câmara Municipal

0
94

Dez dias após o fechamento da data-base dos servidores, o governo de Ribeirão Preto encaminhou para a Câmara Municipal o projeto que trata das conquistas do trabalhadores incompleto e o mesmo não pode ser votado pelos vereadores. No projeto enviado a Casa de Leis o governo não informou o impacto financeiro das conquistas do servidores, o que inviabilizou a votação. Depois de muito debate, e atendendo a um pedido do Sindicato dos Servidores, a Câmara Municipal se comprometeu a realizar nesta sexta-feira, dia 1 de abril, um sessão extraordinária para que a votação aconteça. O governo também firmou o compromisso, mais uma vez, de encaminhar o impacto financeiro para que o projeto seja votado e aprovado.

“O Sindicato entende como um desrespeito por parte do governo. A Câmara ficou lotada, muitos servidores deixaram suas casas e suas família para acompanhar essa votação importantíssima para a categoria. O governo teve tempo de sobra para mandar o projeto com todas as informações para que o mesmo fosse votado. Os trabalhadores ficaram bastante frustrados, mas esperamos que tudo seja resolvido ainda hoje, que o governo encaminhe o impacto financeiro e que os vereadores aprovem o projeto”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

A sessão extraordinária da Câmara Municipal está marcada para às 19 horas desta sexta-feira (dia 1º de abril).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui