CTB Ribeirão Preto participa da oficina do Trabalho Decente 2013

0
111

A CTB Ribeirão Preto participou da Agenda do Trabalho Decente realizada nos últimos dias 17 e 18 de junho, na Associação Comercial e Industrial- ACI – RP.
Promovido pela SERT – Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de São Paulo e em parceria com a FESPSP – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – o encontro regional serviu para levar ao conhecimento e discutir os documentos apresentados nos fóruns de 2012 aos representantes de entidades sindicais e patronais, órgãos públicos, Organizações Não Governamentais, empresários e comerciantes regionais.

Jacira Campelo representa a CTB-SP

A Vice Presidente da CTB-SP, Jacira Campelo, representou a Central nas discussões durante o encontro regional da Agenda do Trabalho Decente em Ribeirão. “Nossa primeira missão como vice-presidente da CTB-SP foi representar nossa central no evento, apresentar nossas propostas e levar ao conhecimento dos demais participantes a visão sindical relativa ao mundo do trabalho, além de mostrar que nós – mulheres trabalhadoras – estamos atentas às condições subumanas existentes nas relações do trabalho atuais e da exploração sofrida pelas mulheres, principalmente, das mulheres negras, indígenas e com um menor grau de educação formal”, afirmou Jacira.

Entenda o que significa Trabalho Decente

Segundo o Secretário de Imprensa e Comunicação da CTB SP, professor Donizeti Barbosa, o Brasil apresentou à sociedade o tema “Trabalho Decente”, em 2006, lançando uma Agenda Nacional de Trabalho Decente (ANTD), que culminou na realização de vários fóruns de discussão em todas as regiões do país.
“O Trabalho Decente é o encontro de quatro pontos estratégicos definidos pela OIT – Organização Internacional do Trabalho. Orientar nossa região e discutir temas como liberdade sindical e o reconhecimento efetivo do direito da negociação coletiva (convenção 87 e 98), abolir definitivamente o trabalho infantil (convenção 138 e 182), acabar com a discriminação do emprego e ocupação (convenção 100 e 111), eliminar todas as formas de trabalho forçado (convenção 29 e 105) significa ampliar as oportunidades de nos relacionarmos com as novas normas do trabalho e forçar a ratificação e a regulamentação de algumas convenções se faz necessário para o avanço da classe trabalhadora”, relata.

SERT deixou a desejar na divulgação do evento

A divulgação do encontro regional do Trabalho Decente foi considerada por muitos dos presentes o ponto fraco do evento, pois a Secretaria Estadual do Trabalho e Emprego deu pouca visibilidade ao encontro. “Até parece que a intenção da SERT era realizar um encontro com poucos participantes. Acreditamos que com uma divulgação mais abrangente, certamente haveria maior representatividade de todos os segmentos sociais interessados no tema”, comenta Elizete Flosino, dirigente estadual da CTB-SP.

Confira abaixo a agenda dos próximos encontros:

Bauru – 02 e 03 de julho; São José do Rio Preto – 16 e 17 de julho; Araçatuba – 30 e 31 de julho; Presidente Prudente – 13 e 14 de agosto; Marília – 27 e 28 de agosto; Araraquara – 10 e 11 de setembro; Barretos – 24 e 25 de setembro; Franca – 08 e 09 de outubro do corrente ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui