Cobrança do Sindicato surte efeito e distorção brutal no desconto de imposto renda sobre benefícios atrasados será corrigida

0
50

Depois de um dia de intensa negociação e cobrança do Sindicato dos Servidores e de uma comissão formada por aposentados, o Instituto de Previdência dos Municipiários (IPM) vai rodar uma nova folha de pagamento da categoria tendo como parâmetro o valor mensal do benefício, corrigindo emergencialmente a grave distorção que a interpretação injusta poderia provocar de imediato no desconto do imposto de renda dos aposentados e pensionistas.
“Não esperávamos uma atitude diferente do Governo. O trabalhador não poderia ser penalizado com uma bitributação de imposto de renda por conta de um atraso em seus salários. Focamos nossos esforços o dia todo para buscar uma solução e ela veio. Mas continuaremos dedicando uma grande atenção a esta situação para que ela não volte a ocorrer”, diz o presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

Facebook (5)_1

Reunião com o Sindicato

Assim que foi informado da distorção que geraria um desconto brutal de imposto de renda no pagamento dos aposentados e pensionistas na sexta-feira, o Sindicato dos Servidores encaminhou um ofício ao IPM cobrando uma reunião de emergência, que foi realizada na manhã de hoje (28). No documento a entidade deixou claro “que o recebimento de benefícios em atraso não pode significar para o servidor municipal aposentado e também o contribuinte, sofrer tributação diferenciada em relação àqueles que tiveram o pagamento de seus benefícios ou salários em época própria”, dizia o documento.

Facebook (4)_1

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui