Câmara aprova projeto de lei que define reajuste salarial dos servidores

0
96

O acordo coletivo foi assinado na tarde de quinta-feira (27) pelo Sindicato e pelo Governo Municipal

A Câmara Municipal aprovou na sessão desta quinta-feira (27) o projeto de lei que define o reajuste salarial dos servidores municipais. O acordo foi assinado na tarde do mesmo dia, no Palácio Rio Branco, sede da prefeitura, pelo Sindicato e pelo executivo.

Acordo aprovado

O acordo aprovado pelos servidores em uma assembleia histórica com a participação de mais de três mil servidores prevê um reajuste salarial de 4,69% em duas parcelas (2,35% em março e 2,34% em setembro deste ano). Os servidores também foram contemplados com uma reposição de 4,69%, em parcela única retroativa a março, no vale-alimentação e na cesta básica nutricional do aposentados. Na maior greve da história de Ribeirão Preto em dias parados (21) e adesão dos trabalhadores (mais de 92%), nenhum dia será descontado da categoria. Os atestados de meio período também serão aceitos pela administração. A oferta consiste ainda na implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) a partir do mês de outubro deste ano.

Folha suplementar

Como o acordo só foi assinado na tarde do dia 27 e aprovado pela Câmara Municipal na sessão do mesmo dia, e os valores do vale-alimentação e da cesta nutricional já foram repassados aos servidores, um pagamento suplementar será feito no dia 16 de maio, com os valores de março, abril e maio.

Quanto ao reajuste dos salários, a primeira parcela do reajuste, de 2,35%, referente aos meses de março e abril, será pago no dia 19 de maio.

Confira abaixo o acordo coletivo.

acordo coletivo pag 1acordo coletivo pag 2

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui