Ação do Sindicato surte efeito e vereadores derrubam veto do governo

0
82

Logo que soube da intenção do governo municipal de vetar parcialmente a lei que estendeu as gratificações conquistada na data-base deste ano a todos os agentes de administração da Prefeitura e aos servidores que desempenham serviços externos (campo), além da reclassificação de nível dos agentes de controle de vetores, incluindo a mudança em sua nomenclatura, o Sindicato se mobilizou e foi até a Câmara Municipal e encaminhou um ofício a todos os vereadores pedindo que os mesmos não acolhessem os vetos do governo.

O pedido da entidade que representa os servidores surtiu efeito e, por unanimidade, os vereadores rejeitaram na sessão de quinta-feira (5) o veto parcial da administração à lei que garante a conquista dos trabalhadores.

Sindicato protocolou pedido horas antes da sessão da Casa de Leis.

Os dispositivos da lei que o governo pretendia vetar foram o artigo 7º, que amplia o número de carreiras atingidas pela gratificação, o parágrafo 3º do artigo 9º, que estende a gratificação a todos os agentes de administração da Prefeitura, e o artigo 15º, que transforma os cargos de Agente de Combate às Endemias em Agente de Administração e modifica os valores de vencimentos.

“Assim que ficamos sabendo que o governo tentaria vetar as conquistas dos servidores nós nos mobilizamos e fomos até a Câmara Municipal encaminhar um ofício para todos os vereadores pedindo para que eles não acolhessem o veto. Além do documento protocolado, também conversamos com alguns vereadores pessoalmente reforçando o pedido. Ainda bem que os vereadores entenderam a importância de não acolher o veto da administração. Esperamos que o governo não faça outra manobra para tentar não cumprir a Lei que garante as conquistas dos servidores”, ressalta o presidente do Sindicato, Wagner Rodrigues.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui