Sindicato participa de audiência pública da LOA e faz sugestões de emendas.

0
152

A direção do Sindicato dos Servidores participou no início da noite de segunda-feira (21) da 1ª Audiência Pública, na Câmara Municipal, que debateu a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2020 e fez diversas sugestões de emendas para comporem as diretrizes orçamentárias do próximo ano. Entre as sugestões, a direção da entidade que representa a categoria solicitou que conste na peça orçamentária a reposição salarial do servidores de 2019 e 2020, o pagamento do processo dos 5.15%, que encontra-se na Justiça, a previsão de recursos para aplicação da evolução funcional do PCCS e a contratação de novos servidores concursados para suprir a necessidade do município e etc.

“Estivemos presentes e fizemos a sugestões necessárias para que os trabalhadores sejam contemplados dentro desta receita recorde de Ribeirão. É preciso investir na categoria”, diz o vice-presidente do Sindicato, Alexandre Pastova.

” Vamos mais uma vez superar a receita deste ano e vamos cobrar que o Governo invista parte desta arrecadação nos trabalhadores que formam o serviço público de qualidade aqui no município”, fala o diretor, Valdir Avelino.

A LOA 2020 foi protocolada na Câmara Municipal no dia 27 de setembro. A lei, de autoria do Executivo Municipal, estima a receita e fixa a despesas para 2020. Uma segunda audiência, no mesmo local, está marcada para o dia 4 de novembro.

“É preciso repor as perdas inflacionárias dos trabalhadores, é preciso contratar, é preciso investir! Foi isso que cobramos que conste na LOA de 2020 para que Ribeirão continue crescendo”, comenta o vice-presidente Prof. Donizeti Barbosa.

“Participamos da 1ª Audiência e com certeza estaremos presentes na segunda. O servidor que quiser nos encaminhar sugestões de emendas para a LOA será muito bem vindo. Nossa luta é e será sempre por investimentos na categoria”, afirma a diretora, Cláudia Torres.

Orçamento

Segundo projeto de lei do próprio Executivo encaminhado para a Câmara Municipal, o orçamento para o ano de 2020 é de R$ 3.415.247.161, bem superior ao estimado em 2019, que foi de R$ 3.173.349.879.

“Mais uma vez teremos um orçamento recorde em Ribeirão Preto. E lembrando que os orçamentos aqui na cidade são sempre realizados. Serviço público é feito com pessoas, com os trabalhadores. O Governo tem que investir nos servidores para que o serviço prestado ao ribeirão-pretano seja sempre de qualidade. Sem a previsão de recursos nas despesas fixas  não se pode fazer investimentos. Por isso estivemos presentes e cobramos que as necessidades dos trabalhadores constem na LOA 2020”, finaliza o presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui